PledgeBank is now closed to new submissions. The site is available as an archive for you to browse, but you can no longer create or sign pledges. Find out more…

Estados Unidos
’Aqui Você Transforma Sentimentos em Ações Concretas!


Traduzindo o EuPrometo

Gostaria de ter um EuPrometo em seu idioma? Há um jeito relativamente fácil de fazer isso.

Primeiro, contate-nos para que possamos coordenar as coisas, e talvez colocar você em contato com outras pessoas que estejam traduzindo para o mesmo idioma. Também inscreva-se em nossa lista de discussão para tratar de questões de tradução.

Não hesite em nos avisar se alguma coisa abaixo é difícil de entender. As instruções supõem que você esteja usando o Windows - pedimos desculpas aos usuários de outros sistemas, que no entanto não deverão ter dificuldade para seguir os mesmos passos.

Há duas maneiras de traduzir o arquivo - manualmente ouusando poEdit, um programa para traduções. Se você é novo em traduções, recomendo usar poEdit, porque ele mantém controle de expressões não traduzidas e coisas do gênero.

Se houver problema ou dúvidas a qualquer momento, contate-nos ou pergunte na lista de discussão.

Usando o poEdit

  1. Installing PoEdit: Download poEdit from the PoEdit website (if running Windows, just get the simple installer version) and install it.
  2. Obtendo o arquivo original: Salve o seguinte link em algum lugar apropriado do seu computador "Salvar Como..." ou "Salvar Link Como..."): Translation file. (Se você clicar com o botão esquerdo do mouse nesse link, poderá File->Save As... e então clicar em Voltar para retornar aqui.)
  3. Abrindo o arquivo: Abra o poEdit (Iniciar->Programas->poEdit->poEdit). Se for a primeira vez que V. o roda, ele perguntará pelos seus nome e email. Não se preocupe com o número de expressões a traduzir! Você não precisa traduzir tudo antes de nos mandar o que já fez – o site simplesmente volta ao inglês ao encontrar algo que não tenha sido ainda traduzido.
  4. Tradução Básica: Selecione uma linha a traduzir no quadro de cima, e digite a tradução no quadro de baixo. O poEdit controla quais linhas ainda não foram traduzidas e quais são traduções "fuzzy" (versões automatizadas que podem estar erradas e precisam portanto ser verificadas. O poEdit também avisa se uma sentença tem plural, ou seja, se precisa de uma versão diferente devido ao número de coisas sendo mostradas). Isto deve ser transparente para V. Arquivo->Salvar ou o botão Salvar salvarão suas traduções no mesmo arquivo.
  5. % marcadores de lugar: Bem, a coisa vai ficando um pouco mais complicada Eles aparecem dentro do texto, no lugar de alguma coisa faltante – %d para dar a cor de um gato e o seu tamanho, em espanhol:

    "The cat is %s and %d centimetres long."
    "El gato tiene %s y %d centímetros de largo."

    As cores seriam traduzidas separadamente em algum lugar do arquivo Se surgir uma situação na qual V. precisa se referir aos % placeholders numa ordem diferente daquela do inglês, V. deve especificar quais dos marcadores vão onde. Eis um exemplo, mas, pergunte-nos se aparecer algo em sua tradução (Esperemos que não :) :) ) :

    "I have %s the %s."                (I have read the book.)
    "Ich habe das %2$s %1$s."        (Ich habe das Buch gelesen.)
    
  6. Envie-me o quanto, muito ou pouco, V. tiver traduzido, que eu colocarei em teste tão logo seja possível. :-)

Manualmente

  1. Obtendo o arquivo original: Salve o seguinte link em algum lugar apropriado do seu computador "Salvar Como..." ou "Salvar Link Como..."): Translation file. (Se você clicar com o botão esquerdo do mouse nesse link, poderá File->Save As... e então clicar em Voltar para retornar aqui.)
  2. Abrindo o arquivo: Abra o Notepad (Iniciar->Programas->Acessórios->Notepad), vá a Arquivo-> Abir e abra o arquivo que acabou de baixar Não se preocupe com o tamanho do arquivo! Você não precisa traduzir tudo antes de nos mandar o que já fez – o site simplesmente reverte ao inglês ao encontrar algo que não tenha sido ainda traduzido por você.
  3. Edite as linhas como se seguem – altere a linha PO-Revision-Date para ficar com a data e hora atuais, e na linha Language-Team coloque o seu idioma.
  4. Tradução Básica: Uma linha iniciando com # é um comentário e pode ser ignorada sem problemas. Para sentenças normais, a tradução é a que se segue. Uma linha que começa com "msgid" é o texto em inglês a ser traduzido. A linha seguinte àquela (beginning "msgstr") deve conter a tradução, dentro das aspas duplas (").

    Por exemplo, em francês:

    msgid "The cat is black."
    msgstr "Le chat est noir."

    Se a linha traduzida precisa conter um par de aspas duplas, V. então coloca uma barra antes dela. Por exemplo, em alemão:

    msgid "He said \"I like cheese.\""
    msgstr "Er sagte \"Ich liebe Käse.\""

    Se é um grande bloco a ser traduzido, ocupará mais de uma linha. Para mostrar isso, a primeira linha é a string vazia "", com o texto original ou traduzido nas linhas adicionais; "\n" é usado para representar uma nova linha. Por exemplo, em italiano:

    msgid ""
    "I have 2 dogs, 1 cat, 1 guinea pig and a giraffe.\n"
    "The giraffe has a long neck, and the two dogs are"
    "called Bill and Ben."
    msgstr ""
    "Ho 2 cani, 1 gatto, 1 cavia e un giraffe.\n"
    "Il giraffe ha un collo lungo ed i due cani sono"
    "denominati Bill e Ben."
    
  5. Filename comments: A linha de comentário antes da linha "msgid" é o arquivo que contém aquele texto. Assim, qualquer coisa com a linha de comentário ":# pb/web/faq.php" pertence à página FAQ Isto pode ser útil para dar contexto ao texto.
  6. % placeholders: Infelizmente, há umas coisas que complicam um pouco. A primeira é constituída por % placeholders. Esses são marcadores de lugar que aparecem dentro do texto e representam que algo está faltando – %d significa um número, %s é para mais texto. Por exemplo, uma frase para dizer a cor de um gato e seu tamanho, no espanhol:

    msgid "The cat is %s and %d centimetres long."
    msgstr "El gato tiene %s y %d centímetros de largo."

    As cores seriam traduzidas separadamente em algum lugar do arquivo Se surgir uma situação na qual V. precisa se referir aos % placeholders numa ordem diferente daquela do inglês, V. deve especificar quais dos marcadores vão onde. Eis um exemplo, mas, pergunte-nos se aparecer algo em sua tradução (Esperemos que não :) :) ) :

    msgid "I have %s the %s."                 (I have read the book.)
    msgstr "Ich habe das %2$s %1$s."        (Ich habe das Buch gelesen.)
    
  7. Plurais:São outra coisa complicada. Eles usam % placeholders para dar resultados diferentes, dependendo do valor de um número. Eis um exemplo, em português:

    msgid "I have %d dog."
    msgid_plural "I have %d dogs."
    msgstr[0] "Eu tenho %d cão."
    msgstr[1] "Eu tenho %d cães."

    Alguns idiomas têm três plurais – basta adicionar uma linha msgstr[2] para o terceiro plural, e o sistema cuidará para que saia tudo bem.

  8. Envie-me o quanto, muito ou pouco, V. tiver traduzido, que eu colocarei em teste tão logo seja possível. :-)

Matthew Somerville
13th November 2005


Navegação